Próprio veneno: Anonymous faz exposed de Sara Winter
A extremista bolsonarista divulgou informações da menina de 10 anos que sofria abuso do próprio tio

A militante extremista Sara Giromini, que usa o nome fantasia de Sara Winter, provará agora do próprio veneno: no último domingo, a bolsonarista divulgou o nome da menina de 10 anos que sofria abusos sexuais do próprio tio desde os 6 anos pois a menina ficou grávida e iria fazer um aborto.

Além disso, a "guardiã da moral e dos bons costumes" expôs o nome do hospital no qual o aborto foi realizado, gerando tumulto de militantes antiaborto, que chegaram a chamar a menina e o médico de assassinos.

A atitude de Sara foi duramente criticada nas redes sociais e o grupo de hackers Anonymous foi mais longe: divulgaram diversos dados atribuídos à extremista, como CPF, endereços, telefones e até número de cartão de crédito.

Você está sendo roubado! O sistema usa o seu dinheiro, abusa de privilégios e cria leis para se blindar. O MBL vai na contramão desse sistema, lutando contra o Foro Privilegiado, Fundão e na defesa da prisão em segunda Instância e reformas. A batalha é desequilibrada, nós só podemos contar com você. Doe para o MBL clicando aqui.
continua em outra matéria