fbpx
Osasco » Saúde
CPI da Saúde de Osasco ganha 2 mil novas assinaturas

Resta saber como os contrários ao projeto irão responder a essa saia justa

10/06/2019 16h53 - Por Iasmyn Pires

Após novas denúncias de negligências nos hospitais e postos da cidade, colaboradores e apoiadores saem as ruas para recolher mais assinaturas.

Os últimos dias foram alvos, praticamente diários, de novas reclamações referente a rede pública de saúde de Osasco. Nas mídias sociais, casos de filmagens de ratos e baratas em ambiente hospitalar, mortes de recém-nascidos e acusações de contagio por meio de bactérias. A população, novamente indignada, mobilizou-se a favor da medida.

A CPI da saúde tornou-se uma espécie de “reforma da previdência” a nível municipal, tamanha a suaimportância no momento. Diversos casos de completo descaso viraram rotina e são denunciados por todos os cantos. O caos do sistema evidencia-se concretamente e a base aliada do prefeito insiste em defender que não há necessidade de instauração de investigações.

No último sábado (08), os vereadores Tinha de Ferreira (PTB) e Dr. Lindoso (PSDB), junto do coordenador do Movimento Brasil Livre em Osasco, Bruno Santos, estiveram no calçadão da cidade e reuniram, em conjunto com cerca de 20 outros apoiadores, mais de 2 mil assinaturas em apenas 4 horas.

Uns tentaram desvirtuar o ato dizendo ser tema “eleitoreiro” mais uma vez. Todavia, justamente por causado número crescente de denúncias é que os eleitores voltaram suas atenções para a discussão.

Por hora, nos resta saber como os contrários ao projeto irão responder a essa saia justa: atender a população e admitir a necessidade da investigação, contando assim com a sorte no processo, ou, continuar tapando o Sol com a peneira e contar com a sorte nas próximas eleições? Dilema.