fbpx
Mongaguá » São Paulo
Câmara Municipal de Mongaguá aprova reajuste salarial para os vereadores

O reajuste salarial dos vereadores em quase 70% para a legislatura de 2021 à 2024.

04/07/2019 17h57 - Por Fernando Martinelli

Na sessão de 24 de Junho, os vereadores aprovaram um projeto de resolução protocolado pelo vereador Tubarão (SOLIDARIEDADE), que entrou com requerimento de urgência, que aumentará o salário dos vereadores de Mongaguá para mais de R$ 10 mil. O reajuste salarial dos vereadores será de quase 70% para a legislatura de 2021 à 2024.

Duas sessões antes do ocorrido, dia 10, um projeto com o mesmo conteúdo foi protocolado em nome do vereador Ari da Operária (PP). Na data, o MBL Mongaguá divulgou em sua página o projeto, que estava pautado. Durante a sessão, o referido vereador pediu questão de ordem e informou que o projeto não foi protocolado por ele, mas que alguém havia utilizado sua senha no sistema para protocolar e, segundo ele, um boletim de ocorrência foi aberto.

Nesta última sessão, quando foi votado o projeto, a transmissão ao vivo, que acontece pelo YouTube e pelo Facebook, não funcionou. Alguns expectadores reclamaram nos comentários, mas a resposta que receberam era de que estava tudo normal. Além disso, o projeto recebeu o mesmo número do que havia sido protocolado em nome do Ari, 06/2019. O projeto, ainda, não foi colocado no telão e não foi lido seu teor. A votação foi por manifestação, onde o vereador favorável ao projeto permanece como está, enquanto os contrários se manifestam levantando a mão.

Os vereadores Baianinho (MDB), Carlão da Imobiliária (PDT), Guilherme Prócida (PSDB), Guinho Silvestre (PRP), Tubarão (SOLIDARIEDADE) e Zé Pedro (PPS) votaram favoravelmente ao projeto. Já os vereadores Leo Soares (DEM), Luciano Lara (PTN), Professor Alex (PSB) e Rodrigo Casa Branca (PSDB) foram contrários ao projeto. Os vereadores Ari da Operária (PP) e Cláudio Arena (PRP) se ausentaram, e o vereador Carlos Cafema (PRP) vota apenas em caso de empate, por ser presidente da Câmara.