fbpx
Rio de Janeiro
PSOL e PT acenam com acordo para prefeitura do Rio de Janeiro em 2020

Tudo indica que Freixo não quer correr o risco de perder a eleição novamente

13/05/2019 17h28

Uma possível chapa pela disputa da prefeitura do Rio de Janeiro, nas eleições de 2020 pode estar ganhando uma consolidando. Entre o deputado federal, Marcelo Freixo (PSOL) e a ex-governadora Benedita da Silva (PT) acenam com uma possível união.

Dentre os petistas fluminenses, o nome da ex-governadora e atual Deputada Federal pelo (PT), é o mais cogitado para a formação da Chapa, que seria encabeçada por Freixo.

Procurado pela coluna do Extra, Freixo elogiou a ex-governadora, mas evitou bater o martelo sobre uma eventual composição.

“Seria uma honra imensa ter a Benedita como vice, por toda a história de luta dela, mas acho que ainda não estamos no momento de definir essa questão. Primeiro, temos que conversar com todos os partidos e movimentos com os quais temos afinidade. A escolha do vice é consequência desse processo de debate”, disse Freixo.

Na última eleição municipal, o psolista conseguiu chegar ao segundo turno contra Marcelo Crivella (PRB), mas obteve apenas 40% dos votos válidos, e em seu discurso ele disse “Eu quero colaborar para que o Rio seja melhor. Eu tenho muito respeito pela democracia. O Crivella venceu a eleição. A gente tem as críticas aos seus métodos políticos. Nos cabe fazer um projeto político e a cidade se alimentar um pouco disso”.

Coordenador estadual do MBL no Rio de Janeiro, Estudante de Gestão Pública e defensor da Vida, liberdade e propriedade.