fbpx
Rio de Janeiro
Prisão temporária foi solicitada pela Civil aos filhos de Flordelis (PSD)

Os filhos acusados passarão a noite na Delegacia de Homicídios de Niterói e serão acareados

20/06/2019 16h00

Nesta quinta (20), a PCERJ – Niterói solicitou à Justiça a prisão temporária de Lucas dos Santos e Flávio dos Santos, filhos de Flordelis (PSD), deputada federal. O pedido foi feito por entender envolvimento na morte do pai, pastor Anderson do Carmo de Souza, após um deles confessar participação no crime.

O delegado Antônio Ricardo, diretor-geral da DHNSG (Divisão de Homicídios de Niterói e São Gonçalo), ao ouvir um dos filhos, especificamente Flávio, filho biológico da deputada, declarou que o mesmo admitiu ter planejado a morte do pai, e teria pedido ao irmão, Lucas dos Santos de 18 anos, que cometesse o crime.

O pedido de prisão, por homicídio qualificado foi enviado ao plantão judiciário, mas a Justiça não havia se pronunciado até às 14h desta quinta-feira.

Contudo, mesmo sendo admitida participação no crime, ficaram outras questões para a serem discutidas, pois em seus relatos houveram várias contradições. A PCERJ que esclarecimento total do caso.

 “Mesmo quando ele admite essa participação, mas relata uma dinâmica que não se alinha como as coisas aconteceram, com a sucessão de fatos que a polícia tem. A polícia já tem a arma, uma perícia preliminar feita pela Delegacia de Homicídios e vai ser confirmada pelo instituto de criminalística, sabe que a arma foi utilizada, tem imagens do local e outros depoimentos. Isso a polícia tem de fato”, analisou especialista em segurança pública, Fernando Veloso.

“Quanto à participação do Flávio está avançando na direção dele, mas o depoimento que ele dá, em razão dessa acareação, ainda é contraditório”, complementou análise.

 

 

Relação extraconjugal do pai

 

Seguindo uma das linhas de investigação, a PC tem como motivação principal do crime a partir do irmão para vingar a mãe após traição do pai.

Os dois filhos da deputada já tinham prestado depoimentos na DHNSG sobre o caso, no dia em que foram presos. E também foram detidos nesta segunda (17), durante enterro do pai.

Após a prisão da dupla, Flávio ficou na carceragem da delegacia, e Lucas foi transferido para o Degase, isso por ter sido preso anteriormente por crime análogo ao tráfico de drogas, quando menor.

Latrocínio fora de hipótese

Hipótese de latrocínio foi descartada pela PC, que seria roubo seguido de morte, no caso neste assassinato. Polícia disse que as imagens das câmeras de segurança da casa da deputada não mostraram nenhuma movimentação suspeita dentro do local da casa.

Flávio, filho biológico de Flordelis, nesta quarta (19), prestou outro depoimento na Delegacia de São Gonçalo.

Foi encontrado no quarto onde Flávio dormia uma pistola pelos agentes, e a PC acha que pode ser a arma do homicídio.

Durante o depoimento, as 20h, Flávio não se sentiu bem e foi atendido pelo SAMU da localidade, na delegacia. Fonte: https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2019/06/20/policia-civil-pede-prisao-temporaria-de-filhos-suspeitos-de-matar-pastor-no-rj.ghtml

Funcionário público, discente da UFRJ/Macaé, editor e correspondente MBL News - RJ, também apaixonado por economia, filosofia e cerveja.