fbpx
Sem Categoria
Presidente da Câmara Municipal de Belford Roxo é cassado pelo MP

Crime ambiental, violação de domicílio, ameaça, porte ilegal de armas e peculato

08/04/2019 19h32

O Vereador, Marcinho bombeiro, presidente da Câmara municipal de Belford Roxo, foi denunciado ao MP por crimes ambientais, segundo o IMEA ele estava despejando entulho na margem de um rio no município de Belford Roxo.

No dia em que o IMEA (instituto estadual do meio ambiente) foi até o local onde o caminhão da prefeitura estaria aterrando a margem do rio, o Vereador impediu o trabalho dos técnicos, pois segundo eles, Marcinho chegou com mais dois homens, e todos eles estavam armados.

Segundo o ministério público o despejo de entulho causa danos a saúde pública, por desviar o curso do Rio.

“Eles acusam ele de uma coisa que ele diz que não foi ele, que chamaram ele pra fazer um TAC, um termo de ajustamento de conduta”, disse o diretor Arnaldo Pereira.

A juíza Larissa Nunes Sally, responsável pelo caso, informou em nota que o caso está sob segredo de Justiça. O MP pede o afastamento de Marcinho do cargo de presidente da Câmara. A magistrada negou o pedido de prisão preventiva para o parlamentar.

O MPRJ alega, também, que a juíza não fixou um prazo para definir se afasta ou não Marcinho do cargo. A polícia e o MP seguem investigando o caso.

Em nota, a Prefeitura de Belford Roxo disse que no dia da fiscalização havia um caminhão do município estacionado no local por causa de uma obra, e que isso pode ter provocado a confusão. O IMEA informou que vai apurar o que aconteceu.

Além do ocorrido, segundo o MPRJ, o parlamentar ainda é acusado de: violação de domicílio, ameaças, porte ilegal de armas e peculato.

Fonte:g1.com