fbpx
Rio de Janeiro
Prefeito de São João de Meriti fala em regulamentar o UBER mesmo depois de STF declarar inconstitucional

O Supremo acatou a ação movida pelo Diretor Jurídico da bancada do Partido Novo no Congresso Nacional, Rodrigo Marinho.

11/05/2019 13h11

O prefeito de São João de Meriti, Dr. João Ferreira Neto, esteve em um programa da rádio Mais FM, usou a oportunidade para falar sobre temas que envolvem inclusive as próximas ações da nova secretaria que criou e entregou na mão de seu mais novo braço direito Bebeto da Veggi.

Na ocasião, o prefeito falou sobre a sua ideia de regulamentar o Uber até o final de ano. explicando o prefeito informou que dentre as regulamentações, estarão a limitação de número de carros, credenciamento de motoristas segundo comprovante de residência e outras mais exigências.

A ideia do prefeito foi declarada inconstitucional pelo STF na quinta-feira, dia anterior, onde por unanimidade o Supremo acatou a ação movida pelo Diretor Jurídico da bancada do Partido Novo no Congresso Nacional, Rodrigo Marinho. Rodrigo usou como base os direitos fundamentais do livre mercado e livre iniciativa, para justificar a arbitrariedade que vem sendo imposta nos municípios ao longo do país, que insistem em interferir na nova modalidade de transporte por aplicativos.

Coordenador estadual do MBL no Rio de Janeiro, Estudante de Gestão Pública e defensor da Vida, liberdade e propriedade.