fbpx
Rio de Janeiro
Operação de agentes penitenciários apreende celular do tamanho de uma tampa de caneta

Ao todo, 89 aparelhos foram encontrados pelos agentes durante operação em Japeri. Drogas, chips, relógios e um roteador também foram apreendidos.

10/06/2019 22h57

Agentes da SEAP (Secretaria de Estado de Administração Penitenciária) realizaram nesta segunda-feira (10), uma operação na penitenciária Milton Dias Moreira, em Japeri, Baixada Fluminense. O trabalho dos agentes visa coibir a entrada de celulares, drogas e outros aparelhos eletrônicos no presídio.

Desde o início deste ano, a operação “Iscariotes” flagrou dez inspetores penitenciários tentando entrar com objetos ilícitos nas cadeias, enquanto em 2018, não há registro de flagrante, segundo a Seap.

A operação na manhã desta segunda-feira também recuperou um roteador, seis chips, 90g de cocaína, 715g de maconha, oito relógios e R$1.567, algo que chamou bastante a atenção dos agentes, além de todo o material apreendido foi um aparelho celular do tamanho de uma tampa de caneta.

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária informou que, desde janeiro deste ano, 5.339 celulares já foram apreendidos nas unidades prisionais do estado. Em 2018, no mesmo período, foram encontrados 3.756 aparelhos, ou seja, houve acréscimo considerável na apreensão de aparelhos.

Segundo dados da Seap, 16 visitantes foram presos tentando entrar com drogas nas cadeias desde janeiro deste ano.

Fonte:g1.com, SEAP.