fbpx
Rio de Janeiro
Ex-assessor de Simão Sessim é preso com quase 150 mil e atribui dinheiro a político

Simão Sessim foi o escolhido pelo Governador Wilson Witzel para ser o representante de seu governo em Brasília.

06/02/2019 10h34

Preso com R$ 149.800 e um revólver calibre 18 com a numeração raspada, Joshson José Bandeira, de 43 anos, alegou para policiais do 21° BPM(São João de Meriti) que a quantia em espécie pertencia ao ex-deputado federal Simão Sessim, do PP, para quem trabalharia como assessor. E mais: teria pego o valor com o filho do ex-parlamentar Marcelo Sessim, em um shopping na Barra da Tijuca, para levar para Dudu Amorim, funcionário de Sessim, em Nilópolis, Baixada Fluminense.

O representante do Governo Wilson Witzel negou sua relação e chamou o rapaz de “bandido”.

Fonte: O Dia

Coordenador estadual do MBL no Rio de Janeiro, Estudante de Gestão Pública e defensor da Vida, liberdade e propriedade.