fbpx
Câmara Municipal
Ativistas do MBL são agredidos em evento do PSOL na câmara do Rio

Gabriel Monteiro (MBL) e outros ativistas foram protestar contra a comemoração de 60 anos da ditadura de Cuba que acontecia na câmara municipal e foram expulsos sob pancada

27/04/2019 09h20

Junto com Gabriel Monteiro, ativistas do MBL e alguns do Livres foram protestar contra o evento de comemoração de 60 anos da revolução em Cuba promovido pelo vereador Brizola Neto do PSOL.

Ao chegar lá, foram impedidos de entrar na base da agressão. Na ocasião Gabriel Monteiro (MBL) foi brutalmente agredido após ordem expressa do coronel Marcos Paes aos seguranças para baterem nele.

Quando começou a pancadaria, além de Gabriel, principal alvo, o seguranças, simpatizantes do evento cabos eleitorais começaram a agredir qualquer um que tivesse com faixa na mão.

O episódio resultou em um trauma no braço esquerdo de uma menina do movimento Livres, além de mesmo sendo mulher, ter tomado umas bofetadas.

O caso terminou com a polícia tendo que retirar Gabriel e escoltar os demais até a delegacia para prestação de queixa.

Coordenador estadual do MBL no Rio de Janeiro, Estudante de Gestão Pública e defensor da Vida, liberdade e propriedade.