ALERJ
ALERJ derruba a CPI da UERJ por 37 x 14

Novo também vota contra e alega falta de base técnica

06/06/2019 13h28

A Alerj reprovou ontem a abertura da CPI das Universidades, que tinha como meta principal investigar o uso do dinheiro público nas universidades estaduais do RJ. Indícios minimamente duvidosos não faltavam, mas ainda assim a Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro reprovou a abertura.

Os deputados que fazem parte do grupo de deputados de esquerda da Alerj adotaram o discurso de perseguição ideológica e fizeram coro de “mais investimento em educação e pesquisa”.

Já os deputados mais adeptos ao fisiologismo que acompanha o estado do Rio de Janeiro prepararam a narrativa de falta de justificativa necessária para a CPI e até quebra de regra regimental.

Também nesta linha Chicão Bulhões do NOVO votou contra a abertura da CPI justificando falta de razoabilidade justificativa e alegação antirregimental. Seu companheiro de partido, Alexandre Freitas (NOVO), não esteve na votação por estar sob licença, mas quando perguntado sobre os próximos passos em relação a UERJ, disse: “Vamos trabalhar pra apresentar uma proposição coerente e que respeite elementos necessários para a criação de uma CPI técnica que não se preste apenas para palanque eleitoral”.

Segue a lista dos votos de cada deputado:

VOTARAM SIM
Alana Passos
Alexandre Knoploch
Anderson Moraes
Chico Machado
Coronel Salema
Dr. Serginho
Fábio Silva
Gil Vianna
Leo Vieira
Marcelo do Seu Dino
Marcio Gualberto
Renato Zaca

Rodrigo Amorim
Subtenente Bernardo

VOTARAM NÃO
André Ceciliano
Bebeto
Brazão
Bruno Dauaire
Capitão Nelson
Carlos Macedo
Carlos Minc
Chicão Bulhões
Dani Monteiro
Del. Carlos Augusto
Dionisio Lins
Dr. Deodalto

Eliomar Coelho
Enfermeira Rejane
Filipe Soares
Flavio Serafini
Franciane Motta
Giovani Ratinho
Gustavo Tutuca
Jair Bittencourt
João Peixoto
Jorge Felipe Neto
Luiz Paulo
Marcio Canella
Marcos Muller
Marina Rocha
Martha Rocha
Max Lemos
Monica Francisco
Renan Ferreirinha
Renata Souza
Renato Cozzolino
Rodrigo Bacellar
Rosenverg Reis
Sergio Fernandes
Valdecy da Saúde
Waldeck Carneiro

LICENCIADOS
Alexandre Freitas
Filipe Poubel
Gustavo Schmidt
Zeidan Lula

ABSTENÇÕES
Carlo Caiado
Danniel Librelon
Marcelo Cabeleireiro
Samuel Malafaia
Thiago Pampolha
Tia Ju

Coordenador estadual do MBL no Rio de Janeiro, Estudante de Gestão Pública e defensor da Vida, liberdade e propriedade.