Quem é Ricardo Nunes? “Novo” prefeito de São Paulo por 30 dias
Vice de Bruno Covas irá assumir a prefeitura da capital paulista durante a ausência do prefeito Bruno Covas, que se afasta do cargo para o tratamento de um câncer

Ricardo Nunes (MDB) irá assumir a prefeitura da cidade de São Paulo por 30 dias. Isso ocorre após o anúncio de afastamento do prefeito Bruno Covas, que deixará o cargo por esse período para o tratamento de um câncer. Ricardo ainda precisa da autorização da Câmara Municipal para poder assumir o cargo.

Nunes não é novo na política. Foi vereador por dois mandatos na cidade de São Paulo antes de ser eleito vice-prefeito. É ligado a associação de empresários da Zona Sul da cidade, e compôs bases petistas e tucanas nos últimos anos na Câmara Municipal. É valido lembrar que Ricardo fez parte da base de apoio do prefeito Fernando Haddad (PT) em 2012.

O prefeito interino também tem fortes ligações com a igreja católica. Durante seu primeiro mandato como vereador ajudou na anistia e regularização de templos religiosos irregulares, na lei do zoneamento durante o ano de 2016. Também foi integrante da Comissão de Finanças da capital paulista, barrando menções a sexualidade no Plano Municipal de Educação.

A ruptura com a base petista veio na eleição da chapa Doria-Covas, em 2016. Na ocasião Ricardo Nunes foi eleito para o seu segundo mandato, passando a integrar mais uma vez a base governista. Durante seu segundo mandato fez parte de CPIs, a principal a dos bancos, que investigou a sonegação das instituições financeiras sobre o ISS na cidade de São Paulo.

Nunes foi autor do projeto de lei que previa um sistema de transporte público hidroviário na represa Billings, na zona sul da capital, local esse que foi um dos seus principais redutos eleitorais. Esse projeto foi sancionado pelo ex-prefeito Haddad.

Ricardo também aparece em algumas pautas bem polêmicas da cidade de São Paulo, sendo crítico ao repasse bilionário de verbas da prefeitura para as empresas de transporte público através de subsídios.

Já como vice-prefeito, Nunes tem sido um fiel escudeiro de Covas, indo sempre nas agendas públicas no lugar do prefeito, já que Covas tem se ausentado de tais eventos por questões de saúde.

É necessário neste momento uma grande cobrança por parte da populações paulistana em cima de seu novo prefeito. Nunes sempre tomou uma atitude mais centrista, sempre se aproximando da gestão governista. Pelo menos neste momento delicado do prefeito Covas ele terá a oportunidade de talvez mostrar seu valor. Nós do MBL News também utilizamos este momento para desejar forças e boas recuperações ao prefeito Bruno Covas, que tem enfrentado de maneira heroica um câncer. Neste momento, não devemos ver o político em si, mas sim a pessoa que está por trás de suas ideologias. Desejamos boa recuperação ao Bruno Covas.

Contém informações do G1.
Revisor: Diego Fernandez

Você está sendo roubado! O sistema usa o seu dinheiro, abusa de privilégios e cria leis para se blindar. O MBL vai na contramão desse sistema, lutando contra o Foro Privilegiado, Fundão e na defesa da prisão em segunda Instância e reformas. A batalha é desequilibrada, nós só podemos contar com você. Doe para o MBL clicando aqui.
continua em outra matéria