Garis protestam em São Paulo
A categoria quer a inclusão imediata no plano de vacinação

Trabalhadores da limpeza urbana protestam contra a falta de vacinação da categoria contra a Covid-19, já que é serviço essencial, mesmo nos períodos mais críticos da pandemia.

Na manhã de terça feira (8), o grupo de varrição das ruas, recolhimento de resíduos porta a porta e os motoristas de caminhões de coleta, foram vistos na Praça Patriarca, na Sé e no Pateo do Collegio, protestando.

Os integrantes do SIEMACO, sindicato que representa os trabalhadores da limpeza urbana na capital e do STERIIISP, sindicato dos motoristas da limpeza urbana, dizem que a vacinação do grupo deve ser prioritária devido ao alto risco de contágio, por conta desse tipo de serviço não ter parado em nenhum momento da pandemia.

Eles afirmam que já protocolaram diversos pedidos por prioridade na imunização ao governo do estado e a prefeitura

Contém informações do G1.

Revisora: Larisse Carvalho.

Você está sendo roubado! O sistema usa o seu dinheiro, abusa de privilégios e cria leis para se blindar. O MBL vai na contramão desse sistema, lutando contra o Foro Privilegiado, Fundão e na defesa da prisão em segunda Instância e reformas. A batalha é desequilibrada, nós só podemos contar com você. Doe para o MBL clicando aqui.
continua em outra matéria