A "vachina" mostra-se eficaz contra variante de Manaus
A CoronaVac se saiu positivamente em teste feito por médicos de Manaus

Uma notícia animadora nesse mar de perturbações e conflitos. Estudo conduzido por mais de 67 mil profissionais de saúde de Manaus informaram que a CoronaVac tem 50% de eficácia contra a variante do coronavírus brasileira originária da capital amazonense.

Para olhos leigos 50% pode parecer uma eficácia baixa, porém como apontado pelos cientistas, isso é um dado muito relevante, e esse valor pode ser ainda maior.

A CoronaVac foi a vacina desenvolvida pelo laboratório chinês SinoVac junto ao Instituto Butantan, desprezada pelo Presidente da República, Jair Bolsonaro (Sem Partido), e apelidada pejorativamente de "vachina".

Parece que além da CoronaVac representar 90% das vacinas aplicadas no país, também é um das mais eficazes contra essa variante que se mostrou muito forte.

No fim do dia, o Butantan e sua "vachina" ajudam mais a população brasileira que o governo federal.

Você está sendo roubado! O sistema usa o seu dinheiro, abusa de privilégios e cria leis para se blindar. O MBL vai na contramão desse sistema, lutando contra o Foro Privilegiado, Fundão e na defesa da prisão em segunda Instância e reformas. A batalha é desequilibrada, nós só podemos contar com você. Doe para o MBL clicando aqui.
continua em outra matéria