Sem Categoria
Villa e Constantino brigam feio no Jornal da Manhã

Marco Antônio Villa ainda acusou o colega de rádio de se aproveitar de estratégia para “favorecer os negócios privados”

07/02/2020 11h15

Os jornalistas da Jovem Pan, Marco Antônio Villa e Rodrigo Constantino, entraram num embate intenso durante o Jornal da Manhã desta sexta-feira (7).

Os dois comentaristas comentavam os planos do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de deportar brasileiros que entrem ilegalmente no país. Villa comparou a medida ao nazismo, comentando datas e fatos da Segunda Guerra Mundial.

Ao final do comentário, Villa diz que vai terminar sua fala por conta do limite do tempo, ao que Constantino provoca: “Até porque se perdeu bastante no raciocínio, não tinha muito a ver com o que a gente estava debatendo em pauta (…) Memorizar datas não é fazer análise, até um papagaio repete datas”.

Com a provocação, Villa perde a paciência, e diz não conseguir manter uma conversa com o colega de trabalho: “Isso aqui não é o Programa do Ratinho. Eu me recuso a continuar. Me desculpem, eu esperava que a empresa tomasse uma atitude. Esse sujeito, eu não vou continuar a dialogar com esse elemento, por que não é possível ter diálogo.

“Você consegue dialogar com alguém?”, questiona Constantino, ao que Villa responde: “Não com uma pessoa como você. Num jornal, devemos ter respeito”.

O historiador acusa Constantino de estar se aproveitando de “uma estratégia para favorecer os negócios privados dele e ver se sobe”. Indignado, Constantino chama Villa de ignorante.

Advogado criminal, liberal clássico, pró-vida, pró-armas e pró-liberdade de expressão. "Não existe almoço grátis".