Vídeo
Vídeo: Recado para Luciano Huck

Huck cede ao politicamente correto.

10/05/2019 18h02

Na semana passada, a cara do novo progressismo brasileiro, Luciano Huck, respondeu a uma crítica de uma seguidora, a qual disse que ele era “esquisito” e que parecia “dizer textos prontos e emoções falsas”. Ele, então, respondeu: “Muito sensível você, mulher. Deve estar solteira e abandonada… pelo visto. Mas enfim”.

Como era de se esperar, Huck foi virtualmente escrachado pela lacrosfera que esbravejou que uma mulher não precisa de um homem para ser feliz. Frente a isso, ele cedeu ao politicamente correto e se desculpou em seu Twitter.

Luciano Huck é sabidamente um potencial candidato à presidência, já demonstrou interesse antes e pretende ser uma suposta saída política pelo “bom senso”. Será que essa estratégia de ficar em cima do muro e posar de paladino das virtudes funciona no debate público? Será que é esse o posicionamento que um presidente deve ter?

Confira a análise de Renan Santos sobre o tema!

Diretor do movimento Neoiluminismo, coordenador nacional MBL Estudantil e coordenador SFL. Estudante de economia na UFRGS e amante das ciências da complexidade.