Racismo
URGENTE: Documento usado por esposa do DJ Rennan da Penha era falso

Lorenna Vieira acusou uma agência do banco Itaú de racismo

31/01/2020 20h25

A Polícia Civil concluiu, nesta sexta-feira (31), que o documento utilizado pela empresária Lorena Vieira era falso. Após laudos periciais, constatou-se que a digital encontrada no documento de identidade não era de Lorena, e a data de emissão das fotos não existem nos bancos oficiais.

A empresária, esposa do DJ Rennan da Penha, havia acusado os funcionários do banco Itaú de racismo após não conseguir desbloquear seu cartão e sacar o valor de R$ 1.500,00 em uma agência. Na ocasião, a polícia foi chamada para investigar se a identidade de Lorena era verdadeira.

Lorena alega que os funcionários começaram a agir de forma estranha. Segundo ela, a razão do tratamento era por se tratar de uma pessoa “preta e humilde”.

Fonte: SBT

Advogado criminal, liberal clássico, pró-vida, pró-armas e pró-liberdade de expressão. "Não existe almoço grátis".