Sem Categoria
Twitter se posiciona sobre tuites ofensivos a jornalista da FOLHA

Rede social se manifestou sobre insinuações feitas por perfis bolsonaristas contra Patrícia Campos Mello.

15/02/2020 22h21

Na noite desta sexta-feira (14), o perfil oficial de comunicação do Twitter se posicionou sobre a série de mensagens ofensivas e insinuações maldosas feitas por perfis bolsonaristas contra a jornalista da Folha de São Paulo, Patrícia Campos Mello. Os ataques começaram depois do depoimentos do ex-funcionário da Yacows, Hans River do Nascimento, perante a Comissão Parlamentar de Inquérito das Fake News, onde declarou que a jornalista teria se insinuado sexualmente para ele.

A afirmação pegou a todos de surpresa na Comissão, que se indignaram com o fato dele fazer esse tipo de acusação sem apresentar qualquer prova, exceto o deputado federal Eduardo Bolsonaro, filho do presidente da República, que aproveitou para fazer ilações, as quais foram prontamente repercutidas por perfis bolsonaristas nas redes sociais. Os insultos foram feitos por perfis comuns e perfis de figuras públicas, e continuaram mesmo depois que a jornalista publicou conversas entre ela e Hans River que mostravam que foi ele quem flertou com ela, e não recebeu retorno.

Em face da repercussão do caso, o Twitter decidiu se manifestar sobre as denúncias de pessoas que ficaram enojadas, tanto com as afirmações de River quanto com os insultos bolsonaristas, comunicando que muitos tweets e contas foram penalizados por violarem as regras da plataforma. Confira o posicionamento da rede social:

Continue lendo…

Advogada. Apaixonada pelo direito ambiental. Viciada em política. Humilde - e levemente sarcástica - proprietária do Blog da Azedinha.