fbpx
Congresso Nacional
Senadores avaliam que embaixada para Eduardo Bolsonaro deve ser vetada, diz revista

Convite de Jair Bolsonaro para Eduardo ainda não foi oficializado.

16/07/2019 08h36

Senadores ligados ao presidente da Casa, Davi Alcolumbre, consideram que são grandes as chances do filho do presidente Jair Bolsonaro, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), ter seu nome vetado pelo Senado para assumir o posto de embaixador do Brasil em Washington; diz a Crusoé.

A possibilidade de Jair Bolsonaro oficializar o convite ao seu filho, Eduardo Bolsonaro, para assumir o posto de embaixador gerou polêmica no debate público nacional devido ao vínculo familiar entre os dois.

Os contrários à nomeação acusam que ela seria um caso de nepotismo, ou seja, uso do poder público para favorecimento de parentes em detrimento de pessoas mais qualificadas. O próprio presidente já contra-argumentou dizendo que “alguns falam que é nepotismo. Essa função, tem decisão do Supremo, não é nepotismo, eu jamais faria isso.”

Estudante de ciências econômicas na Universidade de São Paulo e membro do movimento Neoiluminismo. Liberal convicto admirador da filosofia prática kantiana, economia ortodoxa, Hayek e história econômica institucional.