Coronavírus
Segurança de Flávio Bolsonaro é internado em estado grave

O primeiro teste do policial para o coronavírus deu ‘inconclusivo’.

26/03/2020 16h59

Nesta quinta-feira (26), um agente da Polícia Legislativa do Senado – cedido pela Presidência da Casa – para fazer a segurança pessoal do senador Flávio Bolsonaro, está internado em Brasília com suspeita de ter contraído o novo coronavírus.

O policial, conforme apontam fontes do Senado, está em situação grave e bastante delicada. Além disso, ele esteve em serviço acompanhando Flávio Bolsonaro nos últimos dias e já fez um teste de coronavírus que deu resultado inconclusivo.

Outro teste já foi feito e o resultado sairá nesta sexta-feira. O Radar tentou falar com o gabinete do senador, mas não obteve resposta.

Mais cedo, o site Metropoles, de Brasília, publicou que o segurança do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que tem coronavírus, está em estado grave no hospital. Ele é capitão da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) e foi diagnosticado com a doença em 18 de março. Desde então, cumpria isolamento domiciliar. Mas, segundo a família, o quadro piorou.

As informações são de VEJA.

Continue lendo!

Uma jovem que migrou da Engenharia Química para a Política e o Jornalismo. Encontra sua vertente ideológica no Liberalismo, mas entende que é preciso buscar o tangível para solucionar os problemas da sociedade.