fbpx
Câmara dos Deputados
Rodrigo Maia decidirá se deputados bolsonaristas do PSL serão punidos

Cinco parlamentares já foram ao STF entregar um processo a Edson Fachin para impedir decisão

03/12/2019 18h40

O Diretório Nacional do PSL confirmou nesta terça-feira (03) a punição de 18 deputados do partido, entre advertência e suspensões das atividades partidárias. Todavia, quem decidirá se realmente os parlamentares serão punidos é o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

“Quem decidirá realmente o significado da suspensão na Câmara é o Presidente Rodrigo [Maia]. O PSL tentará ampliar ao máximo, mas a decisão será dele. Dependendo de como vier, podemos levar a questão para o Supremo”, declarou um dos deputados em off.

Os parlamentares Bibo Nunes (RS), Alê Silva (MG), Carla Zambelli (SP), Carlos Jordy (RJ) e Filipe Barros (PR) já foram ao STF recorrer a decisão. O processo foi enviado ao ministro Edson Fachin para impedir que a medida seja tomada.

Professor de filosofia e diretor de jornalismo do MBL. Entusiasta da filosofia, [geo]política, economia e literatura.