fbpx
Esquerda
PT e Haddad são processados em 200 mil por cantora

Paula Toller trava na justiça uma luta desde o ano passado por uso indevido de suas músicas

10/07/2019 20h05

Foto reprodução.

A ex-vocalistas do grupo Kid Abelha, Paula Toller, está processando o Partido dos Trabalhadores e o ex-presidenciável Fernando Haddad por uso indevido de suas músicas. A cantora pede uma indenização em 200 mil reais e afirma não querer realizar acordo entre as partes.

Em outubro do ano passado Paula Toller já teria entrado com uma ação contra o uso da canção Pintura Íntima por defensores de Fernando Haddad. A decisão do Tribunal Regional Eleitoral veio a favor da cantora e os vídeos dos ativistas com o refrão da canção foram tirados das redes sociais.

Até o momento, tanto o PT quanto Fernando Haddad não se manifestaram sobre o assunto.

Entusiasta política e acadêmica de Engenharia Química (UFPR) nas horas vagas; liberal na economia e nos costumes. Diretamente da República de Curitiba.