fbpx
Congresso Nacional
PT denuncia deputado do PSL ao Conselho de Ética da Câmara

Partido disse que parlamentar realizou “ataque indevido”.

12/09/2019 11h32

O Partido dos Trabalhadores (PT) denunciou o deputado federal do PSL do Rio de Janeiro, Carlos Jordy, ao Conselho de Ética da Câmara dos Deputados. No dia 27 de agosto o parlamentar fluminense afirmou na Casa que a legenda era um “partido de traficantes”.

Dois dias depois, o deputado publicou em seu Instagram uma animação em que ele luta contra o deputado Jorge Solla, do PT da Bahia. Ao fim da briga no desenho, Jordy arranca a cabeça do petista.

O Partido dos Trabalhadores afirmou na denúncia que Carlos Jordy fez um “ataque indevido aos milhares de filiados e simpatizantes do PT e a seus deputados”, de forma “imatura e agressiva”, “talvez por acreditar que a imunidade material tudo lhe permite”.

Informações da Época.



Estudante de ciências econômicas na Universidade de São Paulo e membro do movimento Neoiluminismo. Liberal convicto admirador da filosofia prática kantiana, economia ortodoxa, Hayek e história econômica institucional.