Câmara dos Deputados
PSOL propõe “seguro quarentena” para brasileiros em confinamento até 2021

PSOL e suas soluções fantasiosas e sem fundamentos para resolver uma crise.

26/03/2020 14h36

O Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) propôs ao governo o pagamento de um benefício no valor de 1 salário mínimo (R$ 1.045) por mês até janeiro de 2021, além de proibir a suspensão do fornecimento de energia elétrica e de água em caso de inadimplência e suspender a aplicação de multas a alugueis atrasados caso seja decretado estado de calamidade pública ou de emergência.

“A grave crise humanitária provocada pela pandemia do coronavírus atinge o Brasil com uma economia em desaceleração e com um mercado de trabalho extremamente fragilizado. São milhões de brasileiros em situação de vulnerabilidade, alijados das redes formais de proteção social”, diz o texto da proposta, além de citar o presidente da França, Emmanuel Macron, e as medidas semelhantes que adotou em seu país.

A medida foi confirmado pelo deputado do partido Marcelo Freixo (RJ) por meio de seu Twitter. Veja:

“É fundamental que o Estado brasileiro garanta condições mínimas de sobrevivência aos cidadãos que estarão impossibilitados de trabalhar. A literatura e as evidências empíricas atestam a eficácia das políticas de transferência de renda, tanto do ponto de vista econômico quanto social”, afirma o projeto.

Fonte: Folha de São Paulo

Estudante de Engenharia Civil, corintiano, cristão SUD, um nerd apaixonado por cozinha, humor e muito conhecimento. Membro do MBL Brasília e um preguiçoso redator do MBL NEWS