fbpx
Paraná » STF
Processo de Beto Richa é beneficiado por “legislada” do STF

O ex-governador do Paraná é acusado de lavagem de dinheiro e pagamento de propina

20/05/2019 21h06

O ex-governador do Paraná, Beto Richa, é um dos acusados que foi beneficiado por “legislada” do STF, na qual parte dos processos dentro da Lava Jato foram transferidos para a Justiça Eleitoral.

Richa é acusado de pagamento de propina a agentes públicos e lavagem de dinheiro através de licitações fraudulentas no programa “Patrulhas do Campo”. Como supostamente existem indícios de que o dinheiro roubado teria sido utilizado no caixa dois da campanha eleitoral, os advogados do ex-governador pediram que o processo na Operação Rádio Patrulha seja julgado pela Justiça Eleitoral do PR.

Em 2018, Richa ficou preso durante 4 dias, até que o ministro do Supremo Gilmar Mendes concedeu um habeas corpus ao tucano.

Os advogados do ex-governador solicitam a rejeição da denúncia por falta de provas e o reconhecimento da ilegalidade das gravações fornecidas pelo delator. Caso o processo tenha seguimento, 51 testemunhas devem ser ouvidas – 48 das quais moram no interior do estado.

Um número expressivo de testemunhas que deve garantir a Richa um bom tempo fora das grades – em especial por se tratar da Justiça Eleitoral. Colhemos assim os frutos do STF que temos.

Apenas mais uma entusiasta política cheia de opiniões não solicitadas.