fbpx
Cinema
Problematizaram Stranger Things

A série que se passa nos EUA dos anos 80 está sendo acusada de ser anticomunista

08/07/2019 21h14

Depois de Keanu Reeves, chegou a vez de lacrar em cima de Stranger Things. A série ganhou uma nova temporada este mês e está fazendo grande sucesso, assim como as outras temporadas da série.

A série envolve experimentos secretos do governo, criaturas sombrias de um mundo “invertido’, poderes sobrenaturais etc. com o maior diferencial de ser protagonizada por crianças dos anos 80. Stranger Things está submersa nesta década.

Como era de se esperar, se algo faz sucesso, a patrulha da lacração logo entra em ação. Em uma das cenas, um dos personagens diz que uma arma mortal pode ser útil para abater comunistas. Trata-se dos anos 80 nos EUA, guerra fria e tudo mais.

Mas os “antifascistas” não parecem ter muito conhecimento de história para analisar o contexto. Não demorou para que se manifestassem nas redes sociais rotulando a série de “fascista” e ‘anticomunista” (o que seria bom, caso fosse).

Veja alguns tweets da galera que adora rotular todos de fascistas sem ao menos saber o que significa o termo.

E o melhor de todos:

Professor de filosofia, jornalista e diretor do movimento Neoiluminismo. Entusiasta da filosofia, [geo]política, economia e literatura.