fbpx
Governo
Presidente do PSL do RS diz que Bolsonaro “vai tomar um impeachment”

Escute o áudio.

02/12/2019 19h07

Em ligação, o presidente gaúcho do PSL, Nereu Crispim acusa as buscas na casa de Luciano Bivar, presidente nacional do partido, de serem “retaliação do Bolsonaro”. A interlocutora, chamada de Rose, indaga: “Mas ele (Bolsonaro) não é só filiado (do PSL)?”

O presidente do PSL-RS rebate: “durante a campanha, um ano, o Bivar entregou o partido para o Bebianno e o Bolsonaro”. E prosseguiu: “Eu vou falar uma coisa pra ti, o Bolsonaro vai tomar um impeachment, escuta o que eu to te dizendo”.

Rose perguntou a Crispim se eles se uniriam à esquerda para derrubar o presidente da República, que disse que “neste momento, a melhor coisa que aconteceria. Esses caras ‘de Mourão’ aí querem é dar um golpe”, mas esclareceu que Dias Toffoli seria contra o impeachment de Bolsonaro.

Crispim terminou a ligação fazendo uma referência do filho senador de Jair Bolsonaro, Flávio Bolsonaro, a figura central do famoso acordão entre Toffoli e o presidente:

“Se esse homem não tomar tento, até aquele filho dele senador vai pro gol.”

Confira aqui o áudio divulgado pela Rádio Gaúcha.

Liberal sem paciência para extremos. Críticas e afins: @maiarapiva no Twitter.