fbpx
Esporte
Polícia Civil indicia Najila por extorsão e denúncia caluniosa em caso de Neymar

A reviravolta do caso Neymar.

10/09/2019 12h26

Najila Trindade, a modelo que ganhou as manchetes dos jornais do mundo após acusar Neymar de estupro em um encontro em Paris, acaba de ser denunciada pela Polícia Civil de São Paulo por extorsão, fraude processual e denúncia caluniosa.

“Com base no conjunto probatório reunido durante as investigações, a delegada decidiu pelo indiciamento de N. e Estivens Alves seu ex-companheiro, pelo crime de fraude processual (art. 347, parágrafo único, CP). Decidiu, ainda, por indiciar Alves pelo artigo 218-C, por divulgar material com conteúdo erótico de N. para um repórter, em troca de publicações suas na internet. Após o esclarecimento da materialidade delitiva, procedida à realização das respectivas perícias e oitivas, a autoridade também decidiu pelo indiciamento de N. nos crimes de denunciação caluniosa e extorsão”, diz a nota da Secretaria de Segurança Pública.

O indiciamento é o resultado de dois inquéritos que foram abertos sobre o caso. Os inquéritos seguem sob segredo de justiça e foram encaminhados ao Tribunal de Justiça.

Fonte: G1.