Economia
País fecha mais de 40 mil vagas formais em março, pior saldo em 2 anos

Saldo no primeiro trimestre foi positivo, com 179.543 vagas criadas

24/04/2019 09h44

O Brasil fechou 43.196 empregos com carteira assinada em março, segundo dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) divulgados pelo Ministério da Economia.

O resultado é o pior desde 2017, quando 63.624 vagas foram fechadas; em março do ano passado o saldo foi positivo, contando com 56.151 vagas abertas.

Entretanto, no acumulado dos primeiros 3 meses do ano o saldo é positivo, contando com 179.543 vagas criadas, mesmo com o resultado negativo de março.

Esse salto é o resultado da diferença entre vagas criadas e vagas fechada. Sendo assim, em março foram 1.261.177 admissões contra 1.304.373 desligamentos.

O setor de comércio foi o que teve o pior saldo:

  • Serviços: +4.572
  • Administração pública: +1.575
  • Extração mineral: +528
  • Serviços industriais de utilidade pública: -662
  • Indústria: -3.080
  • Construção civil: -7.781
  • Agropecuária: -9.545
  • Comércio: -28.803

Informações do UOL.

Estudante de ciências econômicas na Universidade de São Paulo e membro do movimento Neoiluminismo. Liberal convicto admirador da filosofia prática kantiana, economia ortodoxa, Hayek e história econômica institucional.