Sem Categoria
Os partidos que apoiam inflar o fundão com dinheiro de saúde e educação

Inicialmente, eles pediam R$ 4 bilhões para o fundo, mas felizmente não conseguiram

05/12/2019 13h34

A Comissão Mista de Orçamento do Congresso aprovou nesta quarta-feira (04) o absurdo valor de R$ 3,8 bilhões para o Fundo Especial para Financiamento de Campanha (FEFC) em 2020. Esse escárnio com a população foi aprovado durante a votação do relatório preliminar da Proposta de Lei Orçamentária Anual. 

Esse absurdo teve o apoio de 13 partidos: PP, MDB, PTB, PT, PSL, PL, PSD, PSB, Republicanos, PSDB, PDT, DEM e Solidariedade. Eles representam 430 dos 513 deputados e 62 dos 81 senadores. Kim e deputados do Podemos, Cidadania, PSOL e Novo foram contra o aumento.

Inicialmente, eles pediam R$ 4 bilhões para o fundo, mas, em seu relatório preliminar, Domingos Neto concedeu aumento menor, elevando o valor para R$ 3,8 bilhões. O governo Jair Bolsonaro desejava destinar R$ 2 bilhões para custear as disputas locais.

Professor de filosofia e diretor de jornalismo do MBL.