fbpx
Esquerda
Opositor de Macri na Argentina agradece Lula e diz que Bolsonaro é racista

Eleições primárias no país apontam para uma vitória da chapa progressista em outubro.

13/08/2019 02h58

O presidente de Cristina Kirchner sequer ganhou o pleito e já está “comprando” briga com o governo brasileiro.

Na última segunda-feira (13/08), o presidenciável argentino Alberto Fernández, da chapa kirchnerista, agradeceu ao ex-presidente Lula pela mensagem de apoio enviada após a vitória da oposição nas eleições primárias realizadas no país no último domingo.

Mais tarde, Fernández, em entrevista ao programa de TV Corea del Centro, comentou as críticas feitas pelo presidente Jair Bolsonaro à sua candidatura e disse que “celebra” ser criticado pelo atual chefe de Estado brasileiro, a quem ele classificou como sendo “um racista, um misógino e um violento que é a favor da tortura”.

“Muito obrigado, querido amigo Lula. Como você bem disse, devemos dar esperança ao nosso povo e cuidar dos que mais precisam”, escreveu Fernández no Twitter, em resposta à mensagem do ex-presidente petista.

Entusiasta política e acadêmica de Engenharia Química (UFPR) nas horas vagas; liberal na economia e nos costumes. Diretamente da República de Curitiba.