Nota original do Itamaraty sobre a morte de Soleimani era ainda mais dura

Nota original escrita por Ernesto Araújo era ainda mais agressiva e mencionava ataques dos anos 90.