fbpx
Sem categoria
Negra Li reconhece erro e pede desculpas

Durante o programa Morning Show da última segunda-feira, 26, a rapper Negra Li acusou Elvis Presley de

28/11/2018 09h56

Durante o programa Morning Show da última segunda-feira, 26, a rapper Negra Li acusou Elvis Presley de ter ocupado o espaço de negros por ser branco.

“No caso do Elvis, muitas vozes foram tapadas, muitos foram tirados para, tipo assim,’vamos apresentar esse cara branco com a voz negra, com o ritmo negro. Muitos negros nessa época”.

Durante o programa Morning Show da última segunda-feira, 26, a rapper Negra Li acusou Elvis Presley de ter ocupado o espaço de negros por ser branco.

“No caso do Elvis, muitas vozes foram tapadas, muitos foram tirados para, tipo assim,’vamos apresentar esse cara branco com a voz negra, com o ritmo negro. Muitos negros nessa época”.

O youtuber Caio Copolla, presente no programa, questionou Negra Li se o sucesso do Elvis não apresentou para a classe média branca dos EUA os elementos da música negra, aproximando as culturas, e não criando divisionismo. Li respondeu: “Só acostumou mal. ‘Por que a gente vai pegar negro se a gente tem Elvis Presley?'”.

O posicionamento de Negra Li gerou críticas na internet, com muitas acusando-a de vitimismo e de diminuir o talento de Elvis Presley. Mas, em um caso raro nesse tipo de acontecimento, Li não foi instransigente e foi ao Twitter pedir desculpas.

“Gente vocês têm razão! Não soube me expressar, ficou confuso. Não foi minha intenção diminuir o trabalho deles. Me desculpe! Apropriação cultural também exalta e faz expandir, no caso do Elvis principalmente porque ele sempre deixou claro que o que ele fazia o negros faziam a muito tempo, ou seja, ele sempre deu o mérito sim! Elvis merece respeito. Um talento ímpar. Fui infeliz no comentário, e eu realmente não quis dizer isso, usei mal as palavras. Queria ter falado sobre a sensação de quando existe um peso e duas medidas. Quando fizeram a pergunta me embaralhei, misturei tudo e não consegui passar meu raciocínio. Triste.

A quem possa interessar, a quem ofendi, a quem decepcionei peço minhas sinceras desculpas. Continuarei me retratando sempre que tiver oportunidade sobre esse assunto! E quem me xingou, desmereceu meu talento etc.. pelo que falei. Eu entendo a revolta e não guardarei mágoas. Obrigada pela atenção.”

Negra Li também foi ao instagram pessoal do professor Paulo Cruz se retratar sobre o caso. Paulo havia postado uma foto de Elvia ao lado de B. B. King e citado como King e Elvis sempre andaram lado a lado um divulgando o outro. Sobre isso, Li comentou:

“Ele não roubou nada, não tapou nada. Queria ter falado da indústria segregacionista, mas não falei. Não foi minha intenção menosprezá-lo”.

Mais tarde, Paulo Cruz twitou:

“Que atitude nobre! Nobilíssima! Parabéns, Negra Li, receba todo meu respeito e admiração. Sabe de onde veio, sabe ser humilde e isso é grandioso! Ser conciliador é uma virtude rara em tempos em extrema polarização. Que Deus te abençoe grandemente. ”

O ativista e blogueiro Eric Balbinus também foi ao twitter se posicionar sobre o caso:

“A Negra Li pode até ter dito bobagens sobre Elvis e a questão da apropriação cultural, mas ao menos teve a humildade de reconhecer o erro e até de pedir desculpas. E foi logo para o professor Paulo Cruz. Isso conta muito, mostra que ela não tem compromisso com o erro.”

Por fim, Negra Li ainda retuitou o comentário feito pelo @friedhardt

“embora eu ache monga todo esse papo de apropriação, a negra li foi o primeiro pedido de desculpas de uma figura pública q me pareceu sincero. “a quem eu ofendi”, em vez de “a quem se sentiu ofendido”. “não soube me expressar”, em vez de “não me entenderam” enfim.. achei digno”

 

 

 

 

Coordenador de comunicações do MBL, também conhecido como diretor de memes, desde fevereiro de 2015. Redator do MBL News.