fbpx
Justiça » Polícia Federal » Segurança Pública
Moro ordena que PF investigue agentes por suposta fraude contra Hélio Bolsonaro

Moro pediu a “imediata apuração dos fatos”

10/09/2019 17h02

O ex-juiz e hoje ministro da Justiça e Segurança Públic, Sergio Moro , ordenou à Polícia Federal a investigação de uma suposta fraude de policiais federais numa investigação referentes ao deputado Hélio Bolsonaro (PSL-RJ). Num ofício ao diretor-geral da Polícia Federal, Disney Rossetti, Moro  decreta a “imediata apuração dos fatos no âmbito administrativo e criminal, com a identificação dos responsáveis”.

O ministro deseja também ser informado “sobre os desdobramentos” da investigação. O pedido de Moro tem como base uma nota publicada na sexta-feira pela “Veja” e pela “Folha de S. Paulo” de que haveria uma investigação contra Hélio na PF. 

A investigação seria sobre outro indivíduo, mas com o mesmo apelido do deputado, também chamado de “Hélio Negão”. Para Moro, segundo o texto do jornal, o nome de Helio foi incluído de forma fraudulenta na investigação, “com o aparente intuito de manipular o governo federal contra a Superintendência da Polícia Federal no Rio de Janeiro”.

Bacharelando em administração pela UFPB.