Sem Categoria
Major Vitor Hugo acusa Delegado Waldir de concentrar fundo partidário nas eleições de 2018

Segundo o líder do governo na Câmara, Delegado Waldir se beneficiou com R$ 420 mil de recursos destinados ao PSL nas eleições de 2018.

26/10/2019 17h09

Segundo a Crosué, o deputado e líder do Governo na Câmara, Major Vitor Hugo (PSL-GO), acusou o deputado Delegado Waldir (PSL-GO) de ter se beneficiado com R$ 420 mil de recursos destinados ao PSL nas eleições de 2018.  “Foram R$420 mil do fundo eleitoral partidário que ele usou para si e o mínimo para candidatas mulheres, mas ainda assim em propagandas casadas com a dele. Também usou toda a estrutura partidária, dos diretórios, todo o tempo de TV e Rádio”, enumerou o Major.

Sobre isso, Delegado Waldir rebateu: “Ele tem que lembrar que se não fosse os votos que o cidadão goiano deu para mim ele seria derrotado. E quem decide os recursos é o presidente nacional do partido. Na época o presidente do partido era um homem de confiança do presidente da república. Era o Gustavo Bebianno, que foi quem mandou os recursos para mim”. E completou: “Distribuímos proporcionalmente o tempo das mulheres, os 30%, e o segundo nós fizemos uma estratégia, que era eu ter visibilidade para ter muito voto, para ajudar a eleger um segundo nome e esse foi o Vitor Hugo. Mas infelizmente é um ingrato, e desde então ele tem me atacado em todos os momentos”.

Química Industrial, Tatuadora, Desenhista, Cristã Reformada e aspirante a Teóloga.