Internacional
Maduro manda venezuelanos comer capim-santo contra coronavírus

É a cloroquina chavista, uma solução de gado.

26/03/2020 10h38

O ditador da Venezuela, Nicolás Maduro, recomendou para o povo venezuelano comer uma mistura de capim-santo como cura contra o novo coronavírus.

A mistura é composta por capim-santo, gengibre, sabugueiro, pimenta do reino, limão e mel de abelha. A recomendação é que seja administrado entre os doente do Covid-19.

Em sua conta no Twitter, Maduro revelou a “cloroquina chavista”. Mas a publicação ficou pouco tempo disponível, pois a rede social apagou a mensagem.

“O destacado pesquisador da Venezuela, Sirio Quintero, me apresentou três interessantes artigos sobre o coronavírus e me deu a permissão de compartilhá-los com o povo venezuelano”, escreveu o ditador, ao completar com os links dos textos.

Entretanto, ainda não há tratamento ou vacina cientificamente testada e comprovada para o combate ao novo coronavírus.

O número de infectados por Covid-19 na Venezuela é um mistério. No último domingo (22), Maduro informou que o país registra 77 casos. Porém, O autodeclarado presidente Juan Guaidó estimou que teriam 200 casos.

Fonte: O Antagonista e Metrópoles

Estudante de Engenharia Civil, corintiano, cristão SUD, um nerd apaixonado por cozinha, humor e muito conhecimento. Membro do MBL Brasília e um preguiçoso redator do MBL NEWS