Governo
Lacombe defende Regina Duarte e acaba com Zé de Abreu

Alguém traga uma medalha para o Lacombe.

01/02/2020 16h46

E um ex-global se posicionou sobre a infeliz nota de Zé de Abreu. Desta vez foi o jornalista esportivo Luís Ernesto Lacombe.

Nesta semana, José de Abreu havia feito uma publicação, em tom ameaçador, no Instagram para atacar a nova Secretária de Cultura do governo Bolsonaro, Regina Duarte. “Assumo meus vícios e me libertei deles. Você, assumindo um cargo público, vai ter que prestar conta dos seus”, escreveu Zé de Abreu. Ainda na publicação, Zé afirma que irá desmascarar ela, além de chamá-la de “apoiadora de fascista” e referindo ao presidente Bolsonaro, o mesmo de sempre, de fascista e alguém que odeia LGBTs. Por fim, Zé afirma que não está sozinho e aconselha para que Regina esteja preparada para as consequências.

Desta vez, Ernesto Lacombe, no programa Aqui na Band, decidiu comentar sobre a polêmica de forma franca e cordial. O atual apresentador da Band indagou sobre o que era fascismo e mostrou que Bolsonaro está indo contra o princípio de um governo fascista. Além disso, questionou qual era a censura que o governo fez contra a classe artística; apontou a hipocrisia de Zé de Abreu ao apoiar o PT, o partido que comprou o Congresso no caso do Mensalão; destacou que o atual governo foi eleito democraticamente e continuou criticando a postura de Zé de Abreu.

Veja o vídeo:

Estudante de Engenharia Civil, corintiano, cristão SUD, um nerd apaixonado por cozinha, humor e muito conhecimento. Membro do MBL Brasília e um preguiçoso redator do MBL NEWS