fbpx
Governo
Justiça contraria governo e mantém dinheiro para séries LGBT

Em live no Facebook, Bolsonaro, no dia 15 de agosto, criticou a produção das quatro obras LGBT

11/10/2019 14h34

O TRF-2 rejeitou, nesta sexta-feira (11), um recurso do governo Federal contra a suspensão de uma portaria que impedia o financiamento da Ancine (Agência Nacional do Cinema) para produção de séries com a temática LGBT.

O pedido para manter o edital foi feito pelo Ministério Público Federal (MPF), que acusou o Ministério da Cidadania, dirigido por Osmar Terra, de discriminação e homofobia.

Entre as produções pré-selecionadas para serem suspendidas, estavam “Sexo Reverso”, “Transversais”, Afronte” e Religare Queer”, conforme informa o site O Antagonista.

Em live no Facebook, o presidente Jair Bolsonaro (PSL), no dia 15 de agosto, criticou a produção das quatro obras citadas, que buscavam autorização da Ancine para captar recursos por meio da Lei do Audiovisual.

Entre em nosso canal do Telegram e receba todas as notícias em primeira mão: http://t.me/mblivre

Professor de filosofia, jornalista e diretor do movimento Neoiluminismo. Entusiasta da filosofia, [geo]política, economia e literatura.