Violência
Jornalista brasileiro é cruelmente assassinado na fronteira com o Paraguai

O jornalista foi morto enquanto jantava com a família no quintal de sua casa.

13/02/2020 16h17

Na noite da última quarta-feira (12), o jornalista brasileiro Léo Veras foi assassinado por pistoleiros na cidade de Pedro Juan Caballero, fronteira entre Mato Grosso do Sul e Paraguai. De acordo com o chefe da polícia do departamento de Amambay, o crime pode ter sido premeditado em represália às publicações de Veras, sobre o tráfico na região, no site que comandava. O crime aconteceu por volta das 21h.

O jornalista foi morto com doze tiros por dois homens encapuzados enquanto jantava com a família no quintal de sua casa, segundo o jornal paraguaio ABC Color. Veras tentou fugir quando viu os pistoleiros se aproximando, mas um dos disparos acertou sua cabeça.

“Segundo certas informações, (o crime foi causado por) publicações que ele fez sobre o crime organizado. Nos últimos tempos, ele fez muitas publicações na fronteira”, disse o chefe de Polícia de Amambay, Ignacio Rodríguez Villalba, ao ABC Color.

Ainda neste domingo, o MBL disponibilizou gratuitamente o documentário “Não vai ter golpe” no youtube, link para acesso:

Continue lendo!

Entusiasta política e acadêmica de Engenharia Química (UFPR) nas horas vagas; liberal na economia e nos costumes. Diretamente da República de Curitiba.