fbpx
Previdência
Joice Hasselmann quer que PSL desista de exigir benefícios para policiais

A parlamentar disse que o partido não pode emagrecer a reforma da Previdência

08/07/2019 17h58

A líder do governo na Câmara dos Deputados, Joisse Hasselmann (PSL-SP) disse que está trabalhando para que o PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, desista de exigir benefícios para policiais federais e outros agentes de segurança pública na reforma da Previdência.

“O PSL não pode emagrecer a reforma da Previdência”, declarou a parlamentar. Informa a Folha de São Paulo.

O trabalho de Hasselmann, no entanto, contraria os pedidos do presidente Bolsonaro que pede para que as regras sejam mais suaves para a classe dos policiais no texto da reforma.

Também na contramão, o líder do PSL na Câmara, Delegado Waldir (GO), garantiu que o partido apresentará destaques (instrumento que viabiliza uma votação de um tema específico na análise de um projeto) para garantir benefícios para a classe.

Professor de filosofia, jornalista e diretor do movimento Neoiluminismo. Entusiasta da filosofia, [geo]política, economia e literatura.