Mundo » Saúde
Homem morre de hantavírus na China, confira o relatório

Morre na China homem diagnosticado com hantavírus, vírus semelhante ao coronavírus

25/03/2020 20h19

Como a disseminação do coronavírus na China parece estar diminuindo, relatos de que um homem morreu de um tipo semelhante de vírus – hantavírus – provocaram novo pânico.

“Uma pessoa da província de Yunnan morreu no caminho de volta à província de Shandong para trabalhar em um ônibus fretado na segunda-feira”, twittou o jornal chinês “The Global Times”.

O homem, que morreu a bordo de um ônibus em Shandong, foi posteriormente testado positivo para hantavírus , uma doença que tem algumas semelhanças com o Covid-19. Ele acrescentou que 32 outros passageiros do ônibus também foram testados. Não foram fornecidas informações sobre os resultados dos testes.

A doença viral foi relatada pela primeira vez nos EUA em 1993. É transmitida aos seres humanos por roedores, como camundongos e ratos.

Os hantavírus são uma família de vírus roedores-bourne, com cada cepa ligada a uma espécie hospedeira específica. Ele se espalha quando as pessoas entram em contato com fezes, saliva, urina ou materiais de nidificação infectados, mas é extremamente raro e raramente é transmitido de pessoa para pessoa.

De acordo com o CDC, a doença é transmitida às pessoas ‘através de um vírus em aerossol que é eliminado na urina, fezes e saliva e, com menor frequência, por uma mordida de um hospedeiro infectado’. O hantavírus mais conhecido é o vírus Sin Nombre, que matou 12 pessoas no sudoeste da América em 1993.

Os sintomas do hantavírus podem incluir fadiga, febre e dores musculares nos estágios iniciais e tosse, falta de ar mais tarde, o que pode levar à síndrome pulmonar do hantavírus (HPS).


Um jovem paulistano graduando em jornalismo, comunicólogo apaixonado por fotografia e literatura, redator e revisor de textos.