Sem Categoria
Governo responde à entrevista caluniosa de Petra Costa: ‘militante anti-Brasil’

Por meio da Secom, governo responde ataques de Petra Costa.

04/02/2020 09h52

Após a diretora de Democracia em Vertigem, Petra Costa, dar uma entrevista à rede americana de televisão, PBS, na qual difama o Brasil, bem como o presidente Jair Bolsonaro, ao afirmar que ele foi eleito por representar o ódio às minorias, a Secom (Secretaria Especial de Comunicação Social) respondeu à entrevista por meio de sua conta oficial no Twitter.

“Nos Estados Unidos, a cineasta Petra Costa assumiu o papel de militante anti-Brasil e está difamando a imagem do País no exterior. Mas estamos aqui para mostrar a realidade. Não acredite em ficção, acredite nos fatos.”, escreveu o órgão oficial do governo.

“No primeiro ano da gestão do presidente @jairbolsonaro, o número de homicídios teve uma queda de aproximadamente 20% no Brasil todo. A criminalidade violenta também caiu. No Sudeste, onde fica o Estado do RJ, o número de homicídios caiu mais de 17% em 2019.”, reiterou a conta, rebatendo afirmações de Petra sobre criminalidade no brasil.

Continue lendo!

Uma jovem que migrou da Engenharia Química para a Política e o Jornalismo. Encontra sua vertente ideológica no Liberalismo, mas entende que é preciso buscar o tangível para solucionar os problemas da sociedade.