Economia
Governo gastou R$ 55 bi fora do teto, segundo Valor Econômico

Parte desse dinheiro continuará gerando despesas

04/02/2020 17h16

O governo Federal teve no ano de 2019 ao menos R$ 55 bilhões de despesas que ficaram de fora do limite estabelecido pelo teto de gastos, informa o Valor Econômico. Parte desse dinheiro continuará gerando despesas neste e nos próximos anos, sem pressionar o limite constitucional.

O secretário especial de Fazenda, Waldery Rodrigues, afirmou ao Valor Econômico que esses desembolsos não implicam relaxamento e salientou o compromisso do Ministério da Economia com o atual desenho do novo regime fiscal.

O maior volume de gastos fora do limite constitucional foi dos R$ 34,4 bilhões pagos à Petrobras pelo acerto de contas da negociação com o Tesouro feita em 2010. A transferência extraordinária a Estados e municípios decorrente do leilão do pré-sal somou R$ 11,7 bilhões. Além disso, as capitalizações de estatais somaram R$ 10,1 bilhões.

Nos dois últimos casos, haverá continuidade de execução das despesas fora do teto a partir deste ano.

Informações do Valor Econômico.

Bacharelando em Relações Internacionais. Produzo artigos no Neoiluminismo.com. Um sionista entusiasta da filosofia.