STF
Gilmar Mendes manda soltar laranja de ex-governador

E voltamos para a temporada de soltura de criminosos.

13/02/2020 14h53

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes mandou soltar nesta quinta-feira (13) Breno Dornelles Pahim Neto, um dos laranjas do ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, no esquema de corrupção investigado na Operação Calvário.

Na época, o Ministério Público acusou Breno por organização criminosa, sendo preso em novembro de 2019.

Ao revogar a sua prisão preventiva, o ministro determinou que ele se reapresentasse regulamente à Justiça e está expressamente proibido de sair do estado da Paraíba.

Breno, em 2016, junto com sua mãe Denise Krummenauer – cunhada de Raquel Coutinho, irmã do ex-governador – abriram uma empresa de fachada com capital inicial de R$ 1,5 milhão.

Não adianta a polícia fazer todo o trabalho de investigação, o MP denunciar, a pessoa ser presa, perder recurso e chegar ao STF para ser solto, como acontece algumas vezes. Isso gera impunidade e fragiliza a justiça e as leis.

Fonte: O Antagonista

Ainda neste domingo, o MBL disponibilizou gratuitamente o documentário “Não vai ter golpe” no youtube, link para acesso

Estudante de Engenharia Civil, corintiano, cristão SUD, um nerd apaixonado por cozinha, humor e muito conhecimento. Membro do MBL Brasília e um preguiçoso redator do MBL NEWS