Frente Parlamentar pelo Livre Mercado é aprovada em Mato Grosso

Líder do MBL, Ulysses Moraes quer desburocratizar o Mato Grosso

ALMT
 14 de março de 2019 | 15h53
Por Francine Galbier

Em Mato Grosso, a Assembleia Legislativa aprovou o requerimento n. 71/2019, do deputado Ulysses Moraes (DC), líder do MBL no estado, que cria a Frente Parlamentar pelo Livre Mercado (FPLM). O objetivo é a desburocratização da máquina pública.

A ideia é que a FPLM seja uma entidade com representantes da Assembleia Legislativa do Mato Grosso que visam o desenvolvimento do mercado, a desregulamentação, o equilíbrio da equação tributária, a limitação legislativa, e, claro, a desburocratização.

“O intuito é revogar esse monte de lei burocratizadora. Hoje, demora cerca de 45 dias para conseguir um CNPJ em Mato Grosso, tem gente que espera seis meses. Em São Paulo, demora um dia. O que difere São Paulo de Mato Grosso? Um carro de cachorro-quente precisa de cinco ou seis alvarás, o cara desiste de empreender antes de começar”, disse Ulysses Moraes.

O deputado pretende criar segmentos específicos voltados para algumas áreas como a indústria, o comércio e o agronegócio.