fbpx
Sem Categoria
Farra com dinheiro público: STM gasta R$ 100 mil em viagem à Grécia para 3 ministros

O presidente do STM ficou 19 dias na Grécia, mas apenas dois dias eram destinados ao seminário.

11/09/2019 17h59

De acordo com uma notícia relatada pela Folha de S. Paulo, em julho deste ano, o STM (Superior Tribunal Militar) gastou cerca de R$ 100 mil em passagens e diárias com a viagem de três ministros à Grécia, durante as férias coletivas.

Eles participaram de um seminário de dois dias, em Atenas, promovido pela Associação Internacional das Justiças Militares, uma entidade privada. O evento foi realizado no Athens Plaza Hotel, estabelecimento de cinco estrelas, próximo à Acrópole (diárias de R$ 2.800 a R$ 10 mil, além de taxas).

Agora, o curioso é que o presidente do STM, almirante Marcus Vinicius Ferreira dos Santos deu uma palestra apenas do dia 5 de julho, contudo, o militar chegou à Grécia no dia 27 de junho, e foi embora no dia 16 de julho. Coincidentemente, durante as suas férias.

O Superior Tribunal Militar disse que Santos “intercalou o evento com o seu período de férias no recesso do Judiciário”.

As passagens do presidente custaram R$ 28,3 mil. As dos ministros do STM Álvaro Luiz Pinto e Péricles Aurélio Lima de Queiroz custaram R$ 13,8 mil. O tribunal informou que as passagens “foram expedidas para período e classe diferentes”.

Cada um dos três recebeu sete diárias (cerca de R$ 14 mil, segundo a cotação média do euro no período).

STM
Entusiasta política e acadêmica de Engenharia Química (UFPR) nas horas vagas; liberal na economia e nos costumes. Diretamente da República de Curitiba.