Internacional » Racismo
Ex-jogador do Chelsea sofre ataques racistas nas redes sociais

Nem as filhas do jogador foram poupadas.

05/02/2020 08h34

O meio-campista nigeriano Obi Mikel do Trabzonspor, da Turquia, acabou sendo mais uma vítima de racismo nas redes sociais. O fato veio a ocorrer após a sua equipe vencer o Fenerbahçe por 2 a 1 no último sábado, pelo campeonato local, o jogador sofreu várias ofensas de cunho racistas, que também foram direcionadas a sua esposa e suas duas filhas, uma de quatro anos. Na última segunda-feira (03), o clube chegou a registrar uma queixa crime contra os agressores.

Obi Mikel de 32 anos, que chegou a defender o clube inglês do Chelsea entre 2006 a 2016, publicou uma foto em seu Instagram após a vitória, porém, é possível ver alguns comentários de usuários utilizando bananas e usando palavras pejorativas, em inglês, veja:

Após os ataques, seu clube se pronunciou através do Twitter e condenou a atitude.

“O racismo é um abrigo para os desamparados e ignorantes. Condenamos os ataques racistas contra nosso jogador Obi Mikel, após a partida contra o Fenerbahce e chamamos a atenção do público que uma queixa crime foi registrada contra os agressores – publicou a equipe turca”.

“Minhas filhas têm só quatro anos. Por que você ofende minhas filhas? Elas têm só quatro anos. Estou muito triste com isso. É muito perturbador para mim, minha esposa…”, desabafou o jogador.

Nesta terça-feira (04), o Fenerbahçe divulgou uma nota condenando os atos de discriminação e ressaltou que o clube respeita a diversidade. No entanto, o clube questiona qualquer ligação feita entre os agressores e o clube, mas afirmou que irá investigar o caso “para afastar qualquer especulação”.

“Gostaríamos de informar ao público que estamos extremamente ofendidos por alguns grupos que tentam sistematicamente ligar nosso clube às notícias ao público europeu como se estivesse vinculado ao Fenerbahçe”, diz a nota.

Estudante de Engenharia Civil, corintiano, cristão SUD, um nerd apaixonado por cozinha, humor e muito conhecimento. Membro do MBL Brasília e um preguiçoso redator do MBL NEWS