fbpx
Política Internacional
Esquemas de corrupção na Venezuela são combatidos por Juan Guaidó

O presidente autoproclamado adota um posicionamento austero no combate à corrupção.

02/12/2019 09h54

Segundo informações do Estadão, nove deputados venezuelanos estariam envolvidos em caso de corrupção para beneficiar o empresário Carlos Lizcano, acusado de participar em esquema que sobretaxava alimentos para os Comitês Locais de Abastecimento e Produção (CLAP), programa para distribuir alimentos subsidiados.

Lizcano seria um subalterno de Alex Saab e seu sócio Álvaro Pulido no esquema. O presidente autoproclamado Juan Guaidó anunciou a suspensão das responsabilidades dos parlamentares acusados de participarem no caso de corrupção.

“O objetivo era que estas agências absolvessem ou deixassem de investigar empresários como Carlos Lizcano, um subordinado do já punido Alex Saab e Álvaro Pulido”, afirmou o presidente autoproclamado.

Guaidó foi enfático: “Não permitirei que a corrupção ponha em risco tudo o que sacrificamos (…), nem ao regime nem a um pequeno grupo de imorais que querem fraturar os venezuelanos. Não vamos encobrir os crimes de ninguém”.

Através da postura adotada pelo presidente autoproclamado, observamos uma mudança radical entre a forma de liderar do país de Nicolás Maduro e Juan Guaidó.

Resta saber quando chegará o dia em que a atuação de Maduro será limitada aos livros de história.

Liberal sem paciência para extremos. Críticas e afins: @maiarapiva no Twitter.