Em série de vídeos MBL aborda jovens desajustados na direita

Tragédia denuncia problema em nossa sociedade

Internet
 14 de março de 2019 | 13h22
Por Pedro Tomasia

A tragédia que aconteceu em Suzano, onde dois jovens encapuzados realizaram um massacre em uma escola, é um evento que denuncia problemas em vários âmbitos da sociedade.

Os membros do MBL, Pedro D’eyrot e Renan Santos, abordam essa questão e comentam acerca da fonte de tal situação lamentável.

Pedro comenta acerca dos ‘Chans’, que são fóruns de discussão anônimos, que por sua características de garantirem o anonimato possibilitam uma nova gama de diferentes ambientes. Muitos desses caracterizados por uma cultura auto depreciativa e frequentados pelo que estão sendo conhecidos como ‘incels’, pessoas desajustadas socialmente que buscam refúgio nas redes sociais.

Renan Santos frisa que muito além do problema voltado a armas, há um problema central que não pode ser ignorado que é a perturbação que já na alma dessas pessoas. Ele fala acerca de como acaba surgindo uma gama de jovens identificados com a direita e esses ‘chans’, em reação aos problemas gerados nas relações sociais pelo progressismo da esquerda que acaba desconstruindo importantes pilares para uma sociedade saudável.

É importante frisar que não nos ‘chans’ também existem outros ambientes, com uma grande variedade de diferentes discussões. Mas, não pode-se ignorar a existência desses grupos, e é necessário tecer alternativas para o combate dessa situação.

Vídeo do Pedro D’eyrot:

Vídeo do Renan Santos: