Sem Categoria
Em pronunciamento, Bolsonaro se coloca contra interrupção nas aulas

O presidente ainda afirmou que por histórico de ‘ex-atleta’, o Covid-19 não lhe causaria mais sintomas que os de uma gripe.

24/03/2020 21h11

O presidente Jair Bolsonaro fez um pronunciamento nesta terça-feira (24), no qual criticou a interrupção nas aulas alegando que o vírus é mais prejudicial a pessoas com mais de 60 anos.

O presidente salientou que, devido a seu porte físico de “ex-atleta”, caso fosse contaminado pelo novo coronavírus (Covid-19), não teria mais que uma “gripezinha ou resfriadinho”.

Bolsonaro parece esquecer que não apenas os idosos, mas as pessoas com qualquer doença respiratória, como asma e bronquite – crianças inclusive -, fazem parte do grupo de risco. Indivíduos que tenham qualquer deficiência imunitária, diabéticos e hipertensos de qualquer idade também podem vir a óbito em decorrência do coronavírus.

O presidente omite ainda que, mesmo que a maioria das crianças seja assintomática, a realização de aulas neste momento levaria à disseminação do Covid-19 de forma muito mais rápida e, consequentemente, ao colapso do sistema de Saúde no Brasil, a exemplo do que observamos na Itália.

Liberal sem paciência para extremos. Críticas e afins: @maiarapiva no Twitter.